Uma Breve História da Cerveja na Antiguidade

Assim como a história do vinho, a história da cerveja também é de difícil precisão. Sabe-se, porém, que se trata de uma bebida que é a muito tempo produzida por diversos povos diferentes. É provável que a cerveja seja tão antiga quanto o processo de agricultura, sendo dados colhidos por especialistas no assunto. Há mais de 10.000 anos é que o homem estabeleceu o processo de fermentação de certos alimentos. Isto fez com a que a sua produtividade aumentasse consideravelmente e que ele pudesse aproveitar de uma maneira muito mais eficiente todos os alimentos que passou a produzir.

 

Tão logo descobriu o processo de fermentação, passou a produzir em pequenas escalas as primeiras bebidas alcóolicas. Especula-se que, assim como o vinho, a cerveja teria sido uma criação bem acidental. É muito provável que tenha surgido a partir da fermentação de algum fruto, ou a indução de algum cereal. Até porque, há indícios de que a cerveja tenha sido produzida pela primeira vez logo depois de terem aprendido a fermentar e produzir o pão. Dessa maneira, teria surgido uma espécie de cerveja primitiva, que foi sendo melhorada com o passar do tempo.

 

Alguns estudos arqueológicos realizados onde hoje é o atual Sudão, comprovam o que os especialistas acreditam ser a data mais provável de surgimento da cerveja – cerca de 7.000 a.C.,  que corrobora ainda mais com a ideia de que vinho e cerveja sempre caminharam juntos. Os povos que lá viviam produziam uma certa bebida a partir de sorgo – algo muito próximo a cevada. E não são apenas especulações, uma vez que diversas análises químicas foram feitas com os vestígios encontrados.  A prova, porém, mais concreta, foi encontrada onde era a antiga região da Mesopotâmia, há registros de que a partir de um certo cereal, eles produziam uma bebida fermentada, que era largamente consumida, mais até do que o vinho.

 

A cerveja passou a ser largamente popular já bem próximo dos anos 1.000 a. C. era uma bebida que, por razões bastante óbvias, era produzida por padeiros, que sabiam com exatamente se devia manipular e fermentar os grãos e a levedura que eram utilizados para obter a cerveja, já  mais modernamente.

 

Entre os sumérios, por exemplo, as mulheres eram encarregadas de fermentar o pão, enquanto os homens cuidavam da fermentação da bebida. Durante o período babilônico, já eram produzidos diferentes tipos de cervejas, as quais se consumiam livremente em tabernas.

 

08. abril 2015 por Geografia Legal
Categoria: História | Tags: , , |