O Extrativismo no Brasil e a Sua Relação Com a Economia

Publicidade:

Uma das áreas de estudo da geografia é a geografia econômica. Trata-se da área encarregada de estudar as condições econômicas do planeta, que pode ser afetada e / ou influenciada diretamente pelo clima, pela geologia e por fatores socioeconômicos.  Os estudos forjados nessa área possuem por objetivo comum, analisar os aspectos espaciais das atividades econômicas, em diversas escalas. A distância de uma cidade a outra e a demanda para a obtenção de diversos e diferentes produtos possuem papel quase decisivo nas relações econômicas das empresas. Já a existência alguns fatores organizacionais e naturais, podem afetar até mesmo a economia de países, é o caso de acesso ao mar por portos marítimos, ou a presença de matéria prima como petróleo.

 

Por isso, dentro da geografia econômica, estuda-se a questão do extrativismo ou atividade extrativista, como também é denominada. A atividade extrativista é realizada com tecnologia reduzida, ou seja, com a utilização de equipamentos e técnicas rudimentares. Neste caso, caracteriza-se por ser uma atividade com baixa produtividade, o que gera uma renda limitada para quem a pratica. A pesca artesanal praticada nos rios e no litoral, o garimpo de ouro de aluvião e a coleta de folhas, frutos e resinas extraídas de plantas e árvores são alguns exemplos de atividades extrativas que empregam tecnologia reduzida.

 

No Brasil, o extrativismo, basicamente, se dá no espaço rural. Ele destina-se à produção de alimentos  e matérias-primas. Consiste na exploração, direta da natureza, de produtos de origem vegetal, animal ou mineral. De modo geral, ela é produzida com tecnologia reduzida, bem como uso de equipamentos rudimentares. Isto faz com que a produção seja baixa com uma capacidade bastante limitada para quem a pratica. Nelas estão incluídas a pesca artesanal praticada nos rios e no litoral, o garimpo de ouro de aluvião e a coleta de folhas, frutos e resinas extraídas de plantas e árvores.

 

Outra atividade extrativista está diretamente relacionada com a extração e produção de petróleo e jazidas minerais. No entanto, estas dependem diretamente de aplicação de recursos financeiros por parte das empresas privadas ou do governo, pois são possíveis somente com a utilização de equipamentos sofisticados, técnicas avançadas e profissionais especializados na operação destas máquinas e equipamentos. Como a produção é feita em larga escala, os rendimentos e ganhos obtidos são relativamente mais expressivos.

 

A atividade de extração de madeira também é outro segmento realizado no Brasil. Mas, a madeira que é retirada de áreas como a da Amazônia provocam alguns problemas como desmatamento e contrabando de madeiras de lei.

Artigos Relacionados:

A Simbologia dos Mapas
Alguns Temas Essenciais Para Saber em Geografia
Entenda um Pouco Mais Sobre as Placas Tectônicas
Publicidade:

27. abril 2015 por Geografia Legal
Categoria: Geografia | Tags: , , |