Entendendo um Pouco Sobre a Mesopotâmia

A região onde se localizou a Mesopotâmia é uma faixa estreita de terra que se estende entre os rios Tigre e Eufrates. A região foi dominada por diferentes povos, que nela fundaram importantes cidades e desenvolveram a escrita. Para os egípcios a palavra “mesopotâmia”, significava literalmente “entre rios” e foi chamada dessa maneira, justamente por conta de sua localização. Tais rios atravessavam paralelamente um planalto árido, em que as chuvas eram escassas quanto no Egito.

 

No entanto, foi a construção de canais de irrigação que permitiu um desenvolvimento econômico notável para todas as demais civilizações. Durante o verão, por exemplo, a água dos rios era represada para ser distribuída nos períodos de seca, e assim, irrigar as regiões agrícolas.

 

A região era de fácil acesso, e com poucas defesas naturais, o que a transformou em uma região conhecida como chave para o comércio entre diferentes povos. A Mesopotâmia dividia-se em duas partes: a alta Mesopotâmia ou Assíria e a Baixa Mesopotâmia ou Caldeia.

 

A Alta Mesopotâmia ou Assíria ficava ao norte, região montanhosa na qual se destacavam as cidades de Assur e Nínive. Os assírios eram povos essencialmente guerreiros que dominaram esse território entre os anos de 612 a. C., a 539 a.C.

 

Já a Baixa Mesopotâmia, ficava ao sul, e era habitada pelos povos sumérios e pelos acádios. Estes povos construíram grandes cidades como Ur e Nipur. Atribui-se aos acádios a fundação da Babilônia.

 

A Mesopotâmia foi a primeira região do mundo a desenvolver a escrita, há mais de 5 mil anos. Esse advento deve – se fundamentalmente ao crescimento das cidades, cujas relações econômicas ficaram cada vez mais complexas,  fazendo com que fosse necessário um sistema de controle para registrar os produtos contábeis, como os impostos, as transações comerciais, a produção agrícola, a outras informações que eram de suma importância para a organização social.

 

A invenção da escrita cuneiforme é atribuída aos sumérios, e acredita-se que se trata de um sistema de escrita muito semelhante à do grupo turcomano, de onde vêm o turco, o finlandês e o mongol.

 

Posteriormente, outros assuntos também passaram a ser registrados por escrito, foi assim que surgiram os livros sagrados e outros de diversas áreas do conhecimento humano, bem como as obras literárias e os códigos com as leis.

 

A região da Mesopotâmia foi largamente marcada pela alternância de poder que ficou nas mãos de assírios, sumérios e acádios.

17. abril 2015 por Geografia Legal
Categoria: História | Tags: , |