A Escravidão no Brasil

O período da escravidão no Brasil teve seu início a partir do século XVI. A partir desta época é que os colonos portugueses começaram a escravizar índios em contrapartida a posição dos religiosos com relação ao povo nativo acabou dificultando o processo. Eis que então os colonos começaram a partir para suas colônias na África trazendo todos os negros para trabalhar em engenhos de açúcar que começavam a existir na região nordeste.

Os escravos começaram os seus trabalhos nas minas de ouro a partir da segunda metade do século XVIII.

Outra particularidade é que todos tanto nos engenhos como também nas minas, os escravos acabavam executando tarefas que seriam consideradas mais duras, complexas e difíceis, além de perigosas para as pessoas “normais” que viviam no país segundo eles.

Como era o tratamento dos escravos.

Os escravos em grande maioria recebiam um péssimo tratamento, além de comer alimentos de péssima qualidade, dormiam em senzalas, que são uma espécie de galpão úmido e escuro, e a partir disto recebiam castigos físicos e psicológicos.

Todo o transporte dos escravos africanos para o Brasil era feito em navios negreiros, muitos que não chegavam ao destino, e também apresentavam condições péssimas de sobrevivência. A maioria dos escravos morriam durante a viagem, e apenas os mais fortes propositalmente sobreviviam para trabalhar.

Todos os comerciantes de escravos vendiam os negros como se fossem mercadorias, nesta triste fase de nossa história, sem preocupação alguma com os seus cuidados.

Outra particularidade é que os escravos não poderiam praticar a sua religião de origem africana, e nem mesmo seguir suas culturas. Mesmo assim muitos acabavam praticando a religião de forma escondida nos terreiros, formando o que chamamos hoje de religiões afro brasileiras.

As mulheres também eram escravizadas e executavam atividades domésticas na maioria das vezes. Os filhos dos escravos precisavam trabalhar a partir de 8 anos de idade.

A grande maioria dos escravos acabaram lutando contra este tipo de situação injusta e totalmente desumana. A partir disto ocorreram diversas revoltas em várias fazendas. Muitos dos escravos acabaram fugindo e formaram os quilombos onde poderiam viver conforme a sua cultura totalmente livres. Todo este processo aconteceu durante longos anos até o final do século XIX com a abolição da escravatura.

13. abril 2015 por Geografia Legal
Categoria: Brasil, História | Tags: , , |